jusbrasil.com.br
19 de Outubro de 2017
    Adicione tópicos

    Diretores da Fenajud participam de reunião do Conselho de Representantes da CSPB

    Encontro aconteceu em Brasília, nos dias 4 e 5 de maio. Objetivo é discutir ações e propostas de interesse da categoria de todo Brasil.

    A Confederação dos Servidores Públicos do Brasil (CSPB) realizou nos dias 4 e 5 de maio, em Brasília (DF), a Reunião da Diretoria e do Conselho de Representantes de 2017. O presidente da Federação Nacional dos Servidores do Judiciário nos Estados (Fenajud), Luiz Fernando Souza, e a diretora de Finanças, Maria José Silva - ambos também fazem parte da CSPB - estiveram no evento para representar os trabalhadores do poder judiciário nos estados, por meio da Federação.

    No primeiro dia de evento, a CPSB avaliou junto aos participantes e entidades sindicais de todo Brasil a conjuntura política/econômica do país; fez ainda uma análise e parecer da prestação de contas referente ao ano passado que foi aprovada de forma unânime, além de analisarem a proposta de reforma estatutária, regulamento geral e regimento interno da confederação.

    Já no segundo dia da Reunião da Diretoria Executiva e do Conselho de Representantes da Confederação dos Servidores Públicos do Brasil – CSPB, entidade deliberou, nesta sexta-feira (5), alterações no regimento interno, no projeto do estatuto; bem como ações estratégicas para 2017. As alterações estruturais visam aperfeiçoamento e modernização da entidade sindical.

    Entre os temas debatidos, foi aprovada a conclusão de um livro e acervo documental com a memória das ações protagonistas da entidade, entre elas: colaboração para a anistia ampla, geral e irrestrita, que viabilizou a transição da ditadura militar para a retomada do regime democrático do país; participação na construção da Convenção 151 da Organização Internacional do Trabalho (OIT) - que regulamenta a organização sindical, a negociação coletiva e o direito de greve das entidades do setor público – e a relevante colaboração em temas de interesse do setor público na elaboração do texto constitucional por meio da Assembleia Nacional Constituinte, entre outros. O encaminhamento foi aprovado e a mesa comprometeu-se em viabilizar a conclusão do projeto.

    Para o presidente da Fenajud, Luiz Fernando “O atual momento político exige da Confederação discussões sobre a conjuntura para que possamos traçar metas das nossas lutas nacionais. ainda discutimos sobre o próximo congresso que deverá se realizar em setembro deste ano. ⁠⁠⁠E para isto votamos várias alterações estatutarias. Escolhemos a comissão eleitoral e também votamos o regulamento das eleições.”, finalizou.

    Congresso da CPSB

    A plenária defendeu, por maioria de votos, adiar a realização do 24º Congresso, admitindo-se, se necessário a própria prorrogação do mandato da atual diretoria. Empregar energia e investimento contra as reformas do governo virou consenso. Elaborar novas estratégias para expandir as fontes de custeio para além das atuais, também está na agenda. Após as discussões, foi deliberado o adiamento da antecipação do Congresso, tendo como indicativo o mês de setembro de 2017, assumindo o compromisso de cumprir o estatuto e não prorrogar o mandato da atual diretoria.

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)